Estoque do Tesouro Direto atinge R$ 42,9 bilhões em fevereiro

Em fevereiro, o estoque do Tesouro Direto chegou a R$ 42,9 bilhões, maior valor da série histórica, com um crescimento de 3% em relação ao mês anterior (R$ 41,7 bilhões) e de 53,2% sobre fevereiro de 2016 (R$ 28 bilhões). As aplicações, por sua vez, chegaram a R$ 1,78 bilhão e os resgates, a R$ 900,6 milhões, sendo R$ 777 milhões relativos às recompras ocorridas no mês e R$ 123,6 milhões, aos vencimentos de fevereiro.

No mês, foram realizadas 184.091 operações de investimento no programa. O valor médio por operação de investimento foi de R$ 9.667,61. Os investimentos de até R$ 5 mil corresponderam a 73,9% das vendas ocorridas no mês, maior percentual da série histórica, o que evidencia a utilização do programa por pequenos investidores.

Os títulos mais demandados pelos investidores foram os indexados ao IPCA (Tesouro IPCA+ e Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais), cuja participação no volume total de investimentos atingiu 50,3%. Os títulos indexados à taxa Selic (Tesouro Selic) corresponderam a 26,5% do total e os prefixados (Tesouro Prefixado e Tesouro Prefixado com Juros Semestrais), a 23,3%.

Em fevereiro, o acréscimo no número de investidores ativos (que efetivamente possuem aplicações) foi de 18.538. Com isso, o total de investidores ativos no programa alcançou 441.969, variação de 69% nos últimos doze meses. Já o acréscimo mensal de investidores cadastrados foi de 50.478, totalizando 1.249.281 participantes inscritos, aumento de 85% nos últimos doze meses.

Os títulos mais demandados pelos investidores foram os indexados ao IPCA (Tesouro IPCA+ e Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais), cuja participação no volume total de investimentos atingiu 50,3%. Os títulos indexados à taxa Selic (Tesouro Selic) corresponderam a 26,5% do total e os prefixados (Tesouro Prefixado e Tesouro Prefixado com Juros Semestrais), a 23,3%.

Saiba Mais

>> Veja a notícia completa no site do Tesouro Nacional

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Nova versão do Manual de Procedimentos Operacionais da Câmara BM&FBOVESPA

Já entrou em vigor a nova versão do Manual de Procedimentos Operacionais da Câmara de Compensação e Liquidação da BM&FBOVESPA (Câmara BM&FBOVESPA). O documento (vigente desde 27/08/2018) apresenta as melhorias dos sistemas e processos da Câmara BM&FBOVESPA e traz as alterações a seguir: Capítulo 5 – Captura, alocação e repasse de operações (i) Alteração na subseção […]