CMN altera direcionamento de recursos captados por meio de LCAs

O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou a Resolução nº 4.494, que altera o direcionamento dos recursos captados pelas instituições de finanças de Letras de Crédito do Agronegócio (LCA) para operações de crédito rural.

Segundo a resolução, 35% do saldo médio das LCAs emitidas deve ser direcionado às operações de crédito rural, independentemente do lastro, a partir de 1º de julho. A normativa anterior estabelecia que 50% das captações deveriam ser destinadas ao crédito rural.

Com a mudança, a estimativa é que o crédito rural receba recursos adicionais de R$ 21 bilhões no próximo ano agrícola.

 

>> Clique aqui, para saber mais.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Inclusão Financeira: Brasil fica em 2º lugar entre países em desenvolvimento

O Brasil avançou uma posição e ficou em segundo lugar em um levantamento que analisou a evolução da inclusão financeira e digital em 26 países em desenvolvimento. Realizada pelo Instituto Brookings desde 2015, a pesquisa avalia quatro aspectos da inclusão financeira: comprometimento do país com o assunto; capacidade móvel; ambiente regulatório; e adoção de serviços […]

Boletim da CVM sinaliza elevação no apetite pelo risco

O Boletim de Risco referente ao mês de janeiro sinalizou queda no indicador de risco de liquidez e alta no indicador de apetite pelo risco, quando comparados ao mês anterior. Outros indicadores macroeconômicos estiveram em linha com esse retorno, tais como a entrada líquida de capitais estrangeiros na B3, apreciação cambial e queda no indicador […]