Valor de mercado das principais bolsas da América Latina ultrapassa US$ 1,5 trilhão

A consultoria Economatica realizou um levantamento, no qual consolidou o valor de mercado das bolsas do Brasil, México, Peru, Colômbia, Chile e Argentina. De acordo com o estudo, no dia 28 de dezembro de 2016, 656 empresas de capital aberto totalizavam US$ 1,51 trilhão em valor de mercado, ante US$ 1,25 trilhão no final de 2015.

Dos seis mercados pesquisados, somente o México apresentou queda do valor de mercado em 2016. O mercado com maior crescimento deste indicador foi o Brasil: 266 empresas fecharam o ano com valor de mercado de US$ 706,7 bilhões, alta de 55,09% em relação ao ano anterior.

A Petrobras foi a empresa que teve a maior alta no valor de mercado em 2016, registrando
US$ 63,8 bilhões ante US$ 25,9 bilhões em dezembro de 2015. Vale destacar também que 21 empresas brasileiras figuraram no ranking das 30 empresas com maior aumento no valor de mercado no período avaliado.

Saiba Mais

>> Veja a análise completa no site da Economatica (PDF)

NOTÍCIAS RELACIONADAS

CVM e CADE instituem Grupo de Trabalho para atuação conjunta

Visando ampliar o relacionamento institucional, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) instituíram, por meio de Portaria Conjunta CADE/CVM 5/2018, um Grupo de Trabalho (GT) para aprimorar o intercâmbio de informações e experiências sobre: Emissores de valores mobiliários; Indústria de fundos de investimento; Programa e Manual de Leniência […]

BM&FBOVESPA anuncia resultados do quarto trimestre de 2016

A BM&FBOVESPA S.A. divulgou os resultados do quarto trimestre de 2016 (4T16). A receita total atingiu R$ 691,9 milhões no 4T16, crescimento de 14,7% na comparação com o mesmo trimestre do ano anterior (4T15), impactado principalmente por maiores volumes no segmento Bovespa e aumento de outras receitas não relacionadas a volumes. Destaques do 4T16 No […]