Valor de mercado das principais bolsas da América Latina ultrapassa US$ 1,5 trilhão

A consultoria Economatica realizou um levantamento, no qual consolidou o valor de mercado das bolsas do Brasil, México, Peru, Colômbia, Chile e Argentina. De acordo com o estudo, no dia 28 de dezembro de 2016, 656 empresas de capital aberto totalizavam US$ 1,51 trilhão em valor de mercado, ante US$ 1,25 trilhão no final de 2015.

Dos seis mercados pesquisados, somente o México apresentou queda do valor de mercado em 2016. O mercado com maior crescimento deste indicador foi o Brasil: 266 empresas fecharam o ano com valor de mercado de US$ 706,7 bilhões, alta de 55,09% em relação ao ano anterior.

A Petrobras foi a empresa que teve a maior alta no valor de mercado em 2016, registrando
US$ 63,8 bilhões ante US$ 25,9 bilhões em dezembro de 2015. Vale destacar também que 21 empresas brasileiras figuraram no ranking das 30 empresas com maior aumento no valor de mercado no período avaliado.

Saiba Mais

>> Veja a análise completa no site da Economatica (PDF)

NOTÍCIAS RELACIONADAS

CVM e Previc assinam Acordo de Cooperação Técnica

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e a Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc) assinaram neste mês Acordo de Cooperação Técnica para intercâmbio de informações e atividades de fiscalização. A iniciativa amplia o escopo de convênio anterior (firmado em 2005), a fim de aprimorar a atuação conjunta dos supervisores. “Espera-se possibilitar que Previc e CVM […]

B3 lança sua nova calculadora de renda fixa

A B3 anunciou o lançamento da CALC, sua nova calculadora de renda fixa. A ferramenta realiza cálculos de preços unitários e taxas em operações de títulos públicos e debêntures e pode ser integrada aos sistemas internos dos usuários, facilitando a liquidação deste tipo de operação de forma eficaz no mercado de balcão. O participante que […]