Valor de mercado das principais bolsas da América Latina ultrapassa US$ 1,5 trilhão

A consultoria Economatica realizou um levantamento, no qual consolidou o valor de mercado das bolsas do Brasil, México, Peru, Colômbia, Chile e Argentina. De acordo com o estudo, no dia 28 de dezembro de 2016, 656 empresas de capital aberto totalizavam US$ 1,51 trilhão em valor de mercado, ante US$ 1,25 trilhão no final de 2015.

Dos seis mercados pesquisados, somente o México apresentou queda do valor de mercado em 2016. O mercado com maior crescimento deste indicador foi o Brasil: 266 empresas fecharam o ano com valor de mercado de US$ 706,7 bilhões, alta de 55,09% em relação ao ano anterior.

A Petrobras foi a empresa que teve a maior alta no valor de mercado em 2016, registrando
US$ 63,8 bilhões ante US$ 25,9 bilhões em dezembro de 2015. Vale destacar também que 21 empresas brasileiras figuraram no ranking das 30 empresas com maior aumento no valor de mercado no período avaliado.

Saiba Mais

>> Veja a análise completa no site da Economatica (PDF)

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Mercado de CRA segue aquecido em 2017

Os primeiros quatro meses de 2017 se mostraram aquecidos para o mercado de Certificado de Recebíveis do Agronegócio (CRA). No período, foram registrados na B3 mais de R$ 3 bilhões desses papéis. Ao final de abril, o estoque de CRA na Bolsa superou a marca de R$ 20 bilhões, mais do que o dobro dos […]

Instituições financeiras deverão elaborar plano de recuperação para cenários de estresse

O Conselho Monetário Nacional (CMM) divulgou, no dia 30 de junho, uma nova norma que estabelece requisitos mínimos na elaboração e execução dos planos de recuperação por instituições financeiras importantes. O objetivo da norma é fazer com que as instituições financeiras se preparem melhor para cenários de estresse. A resolução faz parte das ações do […]