CVM lança estudo sobre risco cibernético nas atividades de administradores fiduciários e intermediários

O risco cibernético tem sido cada vez mais discutido no âmbito acadêmico, fóruns de reguladores internacionais de mercado de capitais e imprensa. Além da crescente preocupação decorrente dos processos cada vez mais automatizados no mercado de capitais e sua potencial característica de risco sistêmico, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) lançou o estudo “Percepção de riscos cibernéticos nas atividades de administradores fiduciários e intermediários”.

O estudo analisa os resultados da pesquisa sobre percepção de riscos cibernéticos realizada junto aos participantes do mercado de capitais brasileiro. Entre as questões abordadas, destacam-se temas como:

  • Conclusões sobre processos mais sensíveis aos riscos cibernéticos inerentes aos regulados.
    Lacunas identificadas ao bom gerenciamento de riscos.
  • Visões sobre ameaças, priorização de componentes de governança e atuação do órgão regulador na mitigação de riscos cibernéticos.

Saiba Mais

>> Veja a notícia completa no site da CVM

>> Acesse a íntegra do estudo

NOTÍCIAS RELACIONADAS

CVM lança novo Sistema de Gestão de Fundos Estruturados

A Superintendência de Relações com Investidores Institucionais (SIN) da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) lançou, no dia 8 de junho, o Sistema de Gestão de Fundos Estruturados (SGF). O novo sistema permitirá que o próprio administrador registre automaticamente o fundo estruturado e preste as informações cadastrais, promovendo mais celeridade e transparência ao público em geral. […]

Indicadores apontam cautela para o apetite pelo risco

A última edição do Boletim de Risco, publicação mensal produzida pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), revelou que os índices acionários no país acumularam retornos negativos, incorrendo em aumento na sua volatilidade. Os dados se referem ao mês de novembro e trazem os indicadores de risco dos mercados de capitais de economias avançadas e emergentes, […]

Cetip anuncia resultados do 1T16

A Cetip divulgou seus resultados relativos ao primeiro trimestre de 2016. A receita bruta de serviços foi de R$ 379,3 milhões, o que representa um aumento de 16,5% em relação ao primeiro trimestre de 2015 (1T15). Já a receita líquida da companhia atingiu R$ 311,1 milhões, com incremento de 16,6% no ano, enquanto o EBITDA […]