CVM lança estudo sobre risco cibernético nas atividades de administradores fiduciários e intermediários

O risco cibernético tem sido cada vez mais discutido no âmbito acadêmico, fóruns de reguladores internacionais de mercado de capitais e imprensa. Além da crescente preocupação decorrente dos processos cada vez mais automatizados no mercado de capitais e sua potencial característica de risco sistêmico, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) lançou o estudo “Percepção de riscos cibernéticos nas atividades de administradores fiduciários e intermediários”.

O estudo analisa os resultados da pesquisa sobre percepção de riscos cibernéticos realizada junto aos participantes do mercado de capitais brasileiro. Entre as questões abordadas, destacam-se temas como:

  • Conclusões sobre processos mais sensíveis aos riscos cibernéticos inerentes aos regulados.
    Lacunas identificadas ao bom gerenciamento de riscos.
  • Visões sobre ameaças, priorização de componentes de governança e atuação do órgão regulador na mitigação de riscos cibernéticos.

Saiba Mais

>> Veja a notícia completa no site da CVM

>> Acesse a íntegra do estudo

NOTÍCIAS RELACIONADAS

B3 prorroga prazo para desativação de Servidor FTP e Portais BM&FBOVESPA e Cetip

Visando auxiliar no processo de adaptação do mercado às novas plataformas de dados, a B3 prorrogou o prazo para desativação do servidor FTP e dos portais BM&FBOVESPA e Cetip para 31/07/2019. O tema, inclusive, vinha sendo discutido pelo Comitê Jurídico, de Compliance e Back-Office da ANCORD, devido ao grande impacto que tais medidas causarão às instituições. Além […]

B3 divulga regras para novas ofertas e emissores de valores mobilia?rios de Renda Fixa e Cotas de Fundos de Investimento

Visando unificar e otimizar os processos de determinadas atividades dos Segmentos BM&FBOVESPA e Cetip UTVM, no dia 25/10/2017, a B3 divulgou ofício informando os procedimentos a serem observados em novas ofertas dos valores mobilia?rios indicados abaixo: I) Debe?ntures, Cotas de Fundos de Investimento em Direitos Credito?rios, Cotas de Fundos de Investimento em Participac?o?es, Certificados de […]