Valorização da Bolsa melhora estrutura de capital das empresas de capital aberto em 2016

Estudo divulgado pela Economática mostrou que a valorização da Bovespa melhorou a estrutura de capital das empresas de capital aberto. Para isso, a instituição consolidou dados de 2002 até 2016. A estrutura de capital se refere à proporção de capital próprio e de terceiros que uma companhia usa para financiar suas operações.

Já o valor consolidado das empresas brasileiras foi calculado com a mediana da estrutura de capital de todas as empresas presentes em todas as datas da amostra. A valorização do Ibovespa e o consequente crescimento do valor de mercado das empresas em 2016 fez com que a mediana da estrutura de capital das empresas fosse de 43,2%, queda de 8 pontos percentuais em relação ao ano anterior. Em 2015, o índice era de 51,2%, segundo maior valor desde 2002. Em 2007, a mediana do índice atingiu o menor valor da série com 18%.

Saiba Mais

>> Veja a análise completa no site da Economatica (PDF)

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Câmara BM&FBOVESPA passa a aceitar LCIs e LCAs em garantia

No dia 01/09/2017, a B3 divulgou Comunicado Externo informando que as Letras de Crédito Imobiliário (LCIs) e Letras de Crédito do Agronegócio (LCAs) tornaram-se elegíveis ao depósito de garantias da Câmara de Compensação e Liquidação da BM&FBOVESPA. Resultado de discussões realizadas no Comitê do Setor de Intermediação, a medida visa fomentar o mercado com a […]

B3 lança sua nova calculadora de renda fixa

A B3 anunciou o lançamento da CALC, sua nova calculadora de renda fixa. A ferramenta realiza cálculos de preços unitários e taxas em operações de títulos públicos e debêntures e pode ser integrada aos sistemas internos dos usuários, facilitando a liquidação deste tipo de operação de forma eficaz no mercado de balcão. O participante que […]