Cetip assina acordo com S&P Global Platts para ampliar portfólio de indexadores de derivativos

A Cetip fechou uma parceria com a S&P Global Platts, fornecedor independente de informações e preços de referência do mercado de commodities em todo o mundo. O acordo possibilita que as instituições financeiras ofereçam a seus clientes contratos de derivativos de balcão que os protejam da oscilação futura dessas commodities.

Até então, para obter esse tipo de proteção, as empresas precisavam contar com estruturas no exterior para viabilizar esses contratos ou tinham que recorrer a operações de hedge com mercadorias semelhantes, mas não totalmente aderentes aos indexadores que melhor se adequariam ao que necessitavam.

A Cetip realiza o registro de todas as modalidades de derivativos de balcão existentes no país. No Brasil, os principais ativos subjacentes (indexadores) desses contratos são moedas, seguidos por juros. Os contratos de derivativos viabilizados pela câmara podem ser customizados de acordo com a necessidade de cada empresa e a ampliação do portfólio de indexadores permite que esse trabalho seja realizado com ainda mais precisão.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

B3 divulga balanço de operações de março

Em março, o segmento Bovespa movimentou R$ 189,03 bilhões, ante R$ 165,23 bilhões registrados em fevereiro. A média diária foi de R$ 8,21 bilhões, ante R$ 9,17 bilhões. Foram realizados 23.514.620 negócios, ante 18.609.157 no mês anterior. A média diária de negócios atingiu 1.022.375, ante 1.033.842 em fevereiro. O valor de mercado das 338 empresas […]

Instituições financeiras deverão elaborar plano de recuperação para cenários de estresse

O Conselho Monetário Nacional (CMM) divulgou, no dia 30 de junho, uma nova norma que estabelece requisitos mínimos na elaboração e execução dos planos de recuperação por instituições financeiras importantes. O objetivo da norma é fazer com que as instituições financeiras se preparem melhor para cenários de estresse. A resolução faz parte das ações do […]