ROE dos bancos brasileiros foi superior ao de bancos americanos em 2016

Segundo levantamento feito pela consultoria Economatica, em 2016, a rentabilidade sobre o patrimônio (ROE) dos bancos brasileiros atingiu mediana de 10,97%, superando a dos bancos americanos, que ficou em 7,93%.

A evolução da mediana do ROE dos bancos brasileiros desde 1995 mostra que o melhor momento aconteceu em 2007, quando a mediana atingiu 17,40%. O pior momento dos bancos brasileiros foi registrado em 2000, quando este indicador foi de 7,61%. Em 2014, os bancos brasileiros registraram seu segundo pior desempenho com 8,04%.

No mesmo período, os bancos dos EUA tiveram seu melhor momento, chegando a uma mediana do ROE de 17,61% em 1999. Já o pior momento dos bancos americanos aconteceu em 2009 quando registraram 2,43%, ano que encerrou a série de cinco anos em queda do ROE nos EUA.

O estudo levantou os melhores ROEs de todos os bancos da América Latina e EUA de capital aberto com ativos acima de US$ 100 bilhões. O ItauUnibanco liderou o ranking ao registrar ROE de 18,26% em 2016, seguido pelo Bradesco com 15,97%. O Banco do Brasil ficou na 4a posição com 11,51% e o Santander ocupou a 10a posição com 9,67%.

Saiba Mais

>> Veja o levantamento completo no site da Economatica (PDF)

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Plataforma da CVM fornece informações detalhadas sobre carteira dos fundos de investimento

A CVM (Comissão de Valores Mobiliários) divulgou recentemente Ofício Circular que trata da publicação mensal da informação detalhada dos ativos detidos por carteira dos fundos de investimento regulados pela Instrução CVM 555. Com a divulgação mensal, a Autarquia espera garantir celeridade e efetividade ao acesso dos dados. Segundo a CVM, a novidade pode ser considerada […]