O mercado perde um de seus maiores símbolos: Raymundo Magliano Filho

Foi com enorme pesar que recebemos a notícia do falecimento de Raymundo Magliano Filho, um dos nomes mais proeminentes e importantes da história do Mercado de Capitais. Seu desenvolvimento, a sua modernização e o seu fortalecimento são as provas vivas do legado que Magliano nos deixou.
Corajoso, aglutinador generoso e fiel às suas convicções transformou o segmento. Um mestre que se apresentava, humildemente, como aprendiz. Incansável, batalhou e defendeu os interesses da Indústria de Intermediação e a democratização da Bolsa. Foi sempre uma inspiração.
Colocou em prática tudo que estudou e que se propôs a implantar. Um revolucionário. Um exemplo de vida. Um líder nato, carismático, que sempre esteve à frente do seu tempo.
Com rara competência e sensibilidade, transformou teorias em resultados concretos. Foi na sua gestão como Presidente da BOVESPA que o mercado de ações se popularizou e que o tema educação financeira ganhou importância em todo o Brasil. Foram dezenas de programas e projetos implantados que ganharam repercussão nacional e internacional.
Trouxe a um segmento considerado até então frio, programas sociais que aqueceram os corações de quem mais precisava e se tornaram referências internacionais.
Nos 8 anos em que esteve à frente do Conselho de Administração da BOVESPA e da CBLC, mais de 100 empresas abriram o Capital, tornando o Novo Mercado uma realidade. Incentivou a criação de novos produtos e serviços e a tão sonhada capilaridade das Corretoras finalmente foi concretizada por meio dos home-brokers.
Adorado pelos amigos e admirado por todos aqueles que tiveram a honra de conhecê-lo, Magliano é um dos maiores ícones do seu tempo e do Mercado em que atuava.
Visionário e idealista, vai deixar muitas saudades.
A ANCORD, também a casa do Raymundinho, como era carinhosamente chamado, se solidariza com seus familiares e assume publicamente que, no que depender dela, a rica história dele e de seu legado jamais serão esquecidos.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ANCORD FAZ BALANÇO DE 2018 E PROJETA 2019

Em 2018, experimentamos momentos efervescentes na política. Se por um lado, tivemos grandes preocupações, por outro o Brasil mostrou que suas Instituições estão fortalecidas e seus fundamentos econômicos sedimentados. Passamos por turbulências e não sofremos grandes abalos, que num passado não muito distante eram comuns.  Ao contrário disso, houve sinais de recuperação: taxas de juros menores, leve […]

ANCORD divulga materiais da Reunião de Esclarecimento – “Projeto Custos de Observância”

No dia 08/02/2018, a ANCORD realizou a Reunião de Esclarecimento – “Projeto Custos de Observância”. O projeto é uma importante iniciativa da CVM para revisar os custos envolvidos na Regulação e Autorregulação que oneram as Instituições Financeiras. Confira os materiais: Circular 006 divulgada pela ANCORD (PDF) Circular 007 divulgada pela ANCORD (PDF) Formulário – Custos […]

CVM divulga procedimento para atuação do AAI durante suspensão temporária da autorregulação da ANCORD

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) divulgou comunicado quanto aos procedimentos a serem adotados para atuação dos Agentes Autônomos de Investimento (AAIs), em função da decisão judicial que impossibilita, no momento, que a ANCORD exerça atividades relacionadas ao credenciamento e à autorregulação. Enquanto busca reverter a decisão judicial e analisa opções de caminhos a seguir, […]