Ministério da Economia confirma membros para o Conselho de Recursos do SFN

Ministério da Economia confirma três novos nomes para o Conselho de Recursos do SFN.

Álvaro Mendonça foi o indicado da ANCORD.

O Ministério da Economia designou três novos membros para o Conselho de Recursos do Sistema Financeiro Nacional. Além de Álvaro Mendonça, indicado pela ANCORD, foram confirmados Maria Rita Drummond, indicada pela ABRASCA e Pedro de Andrade, indicado pela ANBIMA.

O “Conselhinho”, como é conhecido, é composto por oito membros e se responsabiliza por reavaliar sanções impostas às instituições reguladas pelo Banco Central, pela CVM e pelo COAF.

Os novos conselheiros serão membros titulares e terão mandatos de três anos, contados a partir de suas posses.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Conselho de Administração da ANCORD reelege presidente para novo mandato

Na quarta-feira (29/3), os membros do Conselho de Administração da ANCORD (Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários, Câmbio e Mercadorias) reelegeram Caio Weil Villares (Concórdia S/A CVMCC) como presidente da entidade por mais um ano. Este será seu terceiro mandato consecutivo à frente da instituição. Para o cargo de vice-presidente […]

CVM divulga canal para receber sugestões sobre redução-custo de observância regulatória

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) divulgou um canal para receber apontamentos e sugestões do mercado a respeito da redução do custo de observância regulatória. Interessados em enviar propostas, podem acessar o Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC), escolher a opção Sugestão, preencher os demais campos e encaminhar a mensagem. Saiba mais no link: http://www.cvm.gov.br/noticias/arquivos/2019/20190314-1.html

B3 se torna parceira do Programa Compromisso com o Clima

Com o objetivo de mobilizar o mercado de capitais em ações de sustentabilidade e responsabilidade climática, a B3 aderiu ao Programa Compromisso com o Clima, colaborando agora com Itaú Unibanco, Natura e Instituto Ekos Brasil por atuações corporativas mais responsáveis. Clique aqui, para maiores informações.