CVM lança novo Sistema de Gestão de Fundos Estruturados

A Superintendência de Relações com Investidores Institucionais (SIN) da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) lançou, no dia 8 de junho, o Sistema de Gestão de Fundos Estruturados (SGF).

O novo sistema permitirá que o próprio administrador registre automaticamente o fundo estruturado e preste as informações cadastrais, promovendo mais celeridade e transparência ao público em geral. Além de consultas a protocolos de registros (e alterações realizadas) e consolidações de todas as informações disponibilizadas, o usuário do SGF poderá:

  • Acompanhar e alterar informações de cada fundo administrado (em todas as fases de existência do veículo);
  • Iniciar e concluir o registro de funcionamento;
  • Atualizar informações cadastrais;
  • Registrar integralização de cotas;
  • Alterar data de encerramento de exercício social;
  • Substituir instituição administradora;
  • Encerrar fundos.

O acesso ao SGF deve ser efetuado por meio do Sistema de Envio de Documentos do CVMWeb.

Saiba Mais

>> Veja a notícia completa no site da CVM

>> Veja a íntegra do Ofício-Circular CVM/SIN 02/17

NOTÍCIAS RELACIONADAS

CMN altera direcionamento de recursos captados por meio de LCAs

O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou a Resolução nº 4.494, que altera o direcionamento dos recursos captados pelas instituições de finanças de Letras de Crédito do Agronegócio (LCA) para operações de crédito rural. Segundo a resolução, 35% do saldo médio das LCAs emitidas deve ser direcionado às operações de crédito rural, independentemente do lastro, a […]

CVM divulga resultado de pesquisa com investidores

A CVM (Comissão de Valores Mobiliários) realizou uma pesquisa com investidores brasileiros para analisar a opinião deles sobre a atuação e a imagem da instituição. A percepção em relação à performance da CVM apresentou ligeira melhora desde 2014. Os que qualificaram a CVM como boa somaram 43,4%, frente a 40,5% registrados no ano anterior. As […]

Bolsa inicia negociação de novos BDRs

No dia 27 de julho, a BM&FBOVESPA iniciou a negociação de 16 novos programas de Brazilian Depositary Receipts Não Patrocinados Nível I (BDR NP), valores mobiliários que têm como lastro ações de companhias estrangeiras. Com isto, o portfólio da Bolsa agora conta com 122 programas lastreados em empresas estrangeiras. No primeiro semestre, os BDRs atingiram […]