CVM edita Instrução 587 devido a mudanças na regulamentação do Conselho Nacional de Seguros Privados

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) editou, no dia 29/06/2017, a Instrução CVM 587, que alterou dispositivos das Instruções CVM 459 e 555. O objetivo da nova norma foi realizar adaptações devido às mudanças na regulamentação do Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP).

Em dezembro de 2016, o Conselho havia aprovado a Resolução CNSP nº 344, que estabeleceu regras de uma nova modalidade de seguro, o Seguro de Vida Universal, produto que combina seguro de vida tradicional com um plano de acumulação de recursos. De acordo com essa Resolução do CNSP, um fundo de investimento especialmente constituído deve ser o veículo de investimento associado ao Seguro de Vida Universal.

“A ICVM 555 foi ajustada a fim de tornar a redação mais abrangente, acomodando quaisquer outros produtos de natureza similar que venham a ser estabelecidos no futuro por resolução do CNSP, sem que sejam necessárias novas alterações pontuais por parte da CVM para cada novo produto”, esclareceu Antonio Berwanger, superintendente de desenvolvimento de mercado da CVM.

Saiba mais

>> Veja a notícia completa no site da CVM

>> Acesse a íntegra da Instrução CVM 587

NOTÍCIAS RELACIONADAS

BC divulga nova resolução sobre depósito de garantias no exterior

O Banco Central (BC) divulgou a resolução nº 4.569, de 26/5/2017, sobre o depósito de garantias no exterior para aplicações de investidores não residentes no Brasil nos mercados financeiro e de capitais no país, cursadas no âmbito de câmaras e prestadores de serviços de compensação e liquidação. A nova norma alterou a Resolução nº 4.373, […]

Banco Central altera norma relacionada ao FGC

O Banco Central divulgou a Resolução nº 4.620 (de 21/12/2017), alterando a Resolução nº 4.222 (de 23/05/2013) que dispõe sobre o estatuto e o regulamento do Fundo Garantidor de Créditos (FGC) para disciplinar a garantia ordinária e outras providências. A nova norma entrou em vigor na data de sua publicação no Diário Oficial (26/12/2017). Saiba […]