BC publica edital de consulta pública de segmentação do SFN para fins de aplicação da regulação prudencial

O Banco Central (BC) divulgou, no dia 17 de novembro, edital de consulta pública de resolução que estabelece a segmentação do conjunto das instituições financeiras e demais instituições autorizadas a funcionar pelo BC para fins de aplicação proporcional da regulação prudencial.

As modificações propostas no edital permitirão que as normas prudenciais sejam adequadas ao porte e ao perfil de risco das instituições que compõem cada segmento, mantendo o alinhamento aos padrões internacionais. Iniciativas nesse sentido têm sido adotadas por outros membros do Comitê de Basileia.

A proposta prevê a classificação das instituições financeiras em quatro segmentos diferentes. No S1, estarão os bancos de grande porte ou internacionalmente ativos. Integrarão esse segmento os bancos múltiplos, comerciais, de investimento, de câmbio e as caixas econômicas.

O segmento S2 será composto pelas instituições bancárias e não-bancárias de médio porte, bem como pelas instituições de grande porte que não compõem o S1. As instituições bancárias e não bancárias de pequeno porte serão enquadradas no S3, e as instituições que tenham perfil de risco simplificado, no S4.

De acordo com os critérios previstos no Edital, as corretoras e distribuidoras deverão se enquadrar no segmento S4, de entidades de pequeno porte e com uma estrutura de risco simplificada.

A ANCORD está consultando os Comitês Setoriais sobre possíveis impactos para as corretoras e distribuidoras e colhendo sugestões.

Os interessados terão até o dia 16 de dezembro para enviar sugestões e comentários ao BC sobre o tema do edital de consulta pública.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Audiência pública propõe fortalecer cuidados de intermediário com segurança da informação

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) colocou em audiência pública minuta de norma que visa aprimorar os controles internos das instituições intermediárias diante de eventos que possam provocar interrupção de suas atividades e falhas na segurança das informações. A minuta prevê a necessidade de desenvolvimento do plano de continuidade de negócios e fortalecimento de mecanismos […]

BSM inicia consulta pública sobre aprimoramento de metodologia em auditorias

A BM&FBOVESPA Supervisão de Mercados (BSM) iniciou, no dia 21 de setembro, consulta pública propondo o aprimoramento da metodologia de classificação do resultado das auditorias operacionais dos Participantes de Negociação Pleno (PNP) e Participante de Negociação (PN). Os participantes do mercado poderão se manifestar quanto aos aprimoramentos que serão introduzidos no cálculo da Nota Padronizada […]