CVM propõe novas regras para combater lavagem de dinheiro e financiamento do terrorismo

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) colocou em audiência pública minuta de instrução que pretende substituir a Instrução CVM 301. O documento apresenta inovações refletindo as melhores práticas atualmente implementadas nos principais mercados mundiais.

Segundo a autarquia, o objetivo é atualizar a norma estabelecendo regras para alinhar o arcabouço regulatório da CVM às recomendações do Grupo de Ação Financeira contra a Lavagem de Dinheiro e o Financiamento do Terrorismo (GAFI/FATF) e aos compromissos assumidos junto à Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (ENCCLA).

Entre as inovações propostas, destacam-se:

  • Estabelecimento da Abordagem Baseada em Riscos (ABR) na prevenção à lavagem de dinheiro e do financiamento ao terrorismo. O intuito é otimizar os recursos humanos, materiais e de informação de pessoas, permitindo o gerenciamento eficaz das atividades desenvolvidas no processo de identificação, monitoramento, análise e mitigação de riscos na condução de seus negócios;
  • Balizamento da implantação da ABR por parte dos segmentos regulados pela CVM com a previsão de que as instituições elaborem uma avaliação interna de riscos e uma política de prevenção à lavagem de dinheiro e financiamento ao terrorismo;
  • Designação de dois diretores para o cumprimento das obrigações, reforçando a importância da figura dos controles internos na organização;
  • Aprimoramentos no processo de identificação do cliente contemplando flexibilização nos prazos de atualização cadastral, conceituação de beneficiário final e definição de diligências devidas pelas instituições para tal identificação;
  • Aprimoramento das hipóteses de comunicação de operações suspeitas.

A ANCORD está consultando os Comitês Setoriais sobre possíveis impactos para as corretoras e distribuidoras e levantando considerações.

Sugestões com relação à minuta devem ser encaminhadas à Superintendência de Desenvolvimento de Mercado (SDM) pelo e-mail audpublicaSDM0916@cvm.gov.br até 16 de janeiro de 2017.

Saiba Mais

>> Leia a íntegra do edital no site da CVM

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Bolsa apresenta manifestações recebidas na 2ª fase da Audiência Pública do Novo Mercado e Nível 2

No dia 10 de janeiro, a BM&FBOVESPA apresentou as 17 manifestações recebidas durante a segunda fase da Audiência Pública do processo de evolução dos segmentos especiais (Novo Mercado e Nível 2). Além dessas manifestações, a BM&FBOVESPA recebeu outros comentários em interações realizadas com companhias, investidores e entidades do mercado de capitais. Em 7 de novembro […]

BC submete à consulta pública proposta de resolução sobre Letras Imobiliárias Garantidas

O Banco Central divulgou, na segunda-feira (30/01), Edital de Consulta Pública 50/2017, divulgando proposta de resolução sobre a emissão das Letras Imobiliárias Garantidas (LIG). A medida faz parte da Agenda BC+ (pilar “Redução do Custo do Crédito – Crédito mais Barato”), programa que visa aprimorar questões estruturais do BC e do Sistema Financeiro Nacional. O […]