CVM moderniza regras sobre mercados organizados e para melhorar execução de ordens de clientes

No dia 10/6, a CVM editou as Resoluções 133, 134 e 135. As alterações trazidas na 134 e 135 são frutos dos debates ocorridos na Audiência Pública SDM 09/2019.

Os principais objetivos são: a alteração redacional da Instrução CVM 461, acrescentando disposições sobre o funcionamento de mercados regulamentados de valores mobiliários, além da constituição, organização e funcionamento das entidades administradoras de mercado organizado, e alterar a Resolução 35 para dispor sobre o regime de melhor execução de ordens em contexto de concorrência entre ambientes de execução – “best execution”.

Destacamos a decisão da Audiência Pública em não impor uma autorregulação unificada. A CVM entendeu pela manutenção do modelo de autorregulação vigente, flexibilizando as formas de estruturação da autorregulação, podendo ser contratada associação de autorregulação ou ocorrer de forma conjunta.

A respeito das operações envolvendo grandes lotes, a norma passa a permitir a constituição de segmentos específicos para realização destas operações a serem cursadas em mercado de bolsa e balcão.

As alterações na Resolução 35, sobre melhor execução de ordens, orientam as corretoras a como agir no caso de haver mais de uma bolsa no país negociando os mesmos títulos.

Sobre a possibilidade de internalização de ordens, a CVM informou que irá discutir o assunto em estudos complementares, a fim de incorporar definitivamente no arcabouço regulamentar.

Por fim, a Resolução 133 foi ajustada pontualmente de acordo com o processo de revisão e consolidação da norma, não acarretando alterações de mérito.

Confira a íntegra da notícia:

https://www.gov.br/cvm/pt-br/assuntos/noticias/cvm-moderniza-regras-sobre-mercados-organizados-e-melhor-execucao-de-ordens-de-clientes

 

NOTÍCIAS RELACIONADAS

CVM divulga regras para constituição e funcionamento de ambiente regulatório experimental

CVM publicou em 15 de maio de 2020 a Instrução CVM Nº 626, que dispõe sobre as regras para constituição e funcionamento de ambiente regulatório experimental (sandbox regulatório). A Instrução regula a constituição e o funcionamento de ambiente regulatório experimental (“sandbox regulatório”), em que as pessoas jurídicas participantes poderão receber autorizações temporárias para testar modelos […]

CVM orienta sobre Incidência e recolhimento da taxa de fiscalização dos mercados de títulos e valores mobiliários

A Superintendência de Registro de Valores Mobiliários (SRE) da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) publicou em 14.01.22 o Ofício Circular CVM/SRE 1/2022. O documento orienta os emissores/ofertantes de valores mobiliários e as instituições intermediárias quanto a incidência e o recolhimento da taxa de fiscalização dos mercados de títulos e valores mobiliários, de que trata a Lei 7.940. Confira abaixo a íntegra do material https://www.gov.br/cvm/pt-br/assuntos/noticias/incidencia-e-recolhimento-da-taxa-de-fiscalizacao-dos-mercados-de-titulos-e-valores-mobiliarios

CVM e BSM assinam acordo de cooperação técnica

Em 22/07/22,  a CVM e a BSM   firmaram acordo de cooperação técnica. O objetivo do convênio é estabelecer mecanismos de cooperação e organização das atividades de fiscalização das instituições em relação às ofertas públicas reguladas pela Instrução CVM 476, ou Resolução que vier a substituí-la, na Bolsa de Valores (B3). Atividades a serem desenvolvidas : BSM […]