CMN altera metodologia facultativa simplificada para apuração do requerimento mínimo de PPRS5

Por meio da Resolução nº 4.944, de 15/09/21, o CMN alterou a Resolução nº 4.606, de 19 de outubro de 2017, que dispõe sobre a metodologia facultativa simplificada para apuração do requerimento mínimo de Patrimônio de Referência Simplificado (PRS5), os requisitos para opção por essa metodologia e os requisitos adicionais para a estrutura simplificada de gerenciamento contínuo de riscos.

Confira a íntegra da Resolução abaixo

Resolução CMN n° 4.944 de 15_9_2021

NOTÍCIAS RELACIONADAS

BACEN consolida procedimentos para informações diárias sobre exposição em ouro, moeda estrangeira, operações sujeitas à variação cambial e às parcelas relativas ao RWA.

Por meio da resolução BCB nº 100, de 02/06/21, o Banco Central consolida os procedimentos para a remessa de informações diárias referentes ao total de exposição em ouro, em moeda estrangeira e em operações sujeitas à variação cambial e às parcelas relativas ao risco de mercado dos ativos ponderados pelo risco (RWA). Saiba mais na […]