Caixa estuda criação de fundo imobiliário para governo lastreado em imóveis da União

O Ministério do Planejamento anunciou que o secretário do Patrimônio da União, Sidrack Correia, e o vice-presidente da Caixa Econômica Federal, Flávio Arakaki, assinaram acordo de cooperação técnica para a elaboração de proposta de estruturação de fundo de investimento imobiliário para o governo federal.

Esse fundo terá como lastro parte da carteira de imóveis da União, administrada pela Secretaria do Patrimônio da União (SPU). Atualmente, a SPU dispõe de cerca de 650 mil imóveis em seu cadastro em todo o país.

De acordo com o Ministério, o objetivo do governo é modernizar a gestão desse patrimônio, com redução de gastos e aumento de rentabilidade. O acordo prevê que a Caixa analise a carteira de imóveis da SPU e, após um período de 90 dias, apresente uma proposta de criação de um fundo de investimento imobiliário com lastro nesses imóveis.

Deverão fazer parte do fundo imóveis que não sejam adequados ao uso da administração pública ou que não sejam utilizados para a execução de políticas públicas. A Lei nº 13.240 prevê que imóveis sob administração da SPU – terrenos, imóveis funcionais, imóveis comerciais e terrenos de marinha – podem ser utilizados para integralizar cotas de fundo de investimento imobiliário.

A notícia foi publicada no site Investidor Institucional.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

CVM e CADE instituem Grupo de Trabalho para atuação conjunta

Visando ampliar o relacionamento institucional, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) instituíram, por meio de Portaria Conjunta CADE/CVM 5/2018, um Grupo de Trabalho (GT) para aprimorar o intercâmbio de informações e experiências sobre: Emissores de valores mobiliários; Indústria de fundos de investimento; Programa e Manual de Leniência […]

Banco Central recebe prêmio e reconhecimento internacional

O trabalho realizado pelo Banco Central do Brasil levou a instituição a receber duas premiações internacionais em Washington, durante o Encontro Anual do FMI (Fundo Monetário Internacional). O presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, foi eleito Governor of the Year for Latin America (chefe de banco central do ano para América Latina) pela GlobalMarkets, publicação […]

BC e Cade vão trabalhar juntos para fomentar concorrência no sistema financeiro

O Banco Central (BC) e o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) vão trabalhar juntos na análise de fusões e aquisições que podem comprometer a concorrência no Sistema Financeiro Nacional (SFN). No dia 28/02/2018, as autarquias assinaram memorando de entendimento, o qual estabelece diretrizes para avaliação de atos de concentração envolvendo instituições financeiras e define […]