Caixa estuda criação de fundo imobiliário para governo lastreado em imóveis da União

O Ministério do Planejamento anunciou que o secretário do Patrimônio da União, Sidrack Correia, e o vice-presidente da Caixa Econômica Federal, Flávio Arakaki, assinaram acordo de cooperação técnica para a elaboração de proposta de estruturação de fundo de investimento imobiliário para o governo federal.

Esse fundo terá como lastro parte da carteira de imóveis da União, administrada pela Secretaria do Patrimônio da União (SPU). Atualmente, a SPU dispõe de cerca de 650 mil imóveis em seu cadastro em todo o país.

De acordo com o Ministério, o objetivo do governo é modernizar a gestão desse patrimônio, com redução de gastos e aumento de rentabilidade. O acordo prevê que a Caixa analise a carteira de imóveis da SPU e, após um período de 90 dias, apresente uma proposta de criação de um fundo de investimento imobiliário com lastro nesses imóveis.

Deverão fazer parte do fundo imóveis que não sejam adequados ao uso da administração pública ou que não sejam utilizados para a execução de políticas públicas. A Lei nº 13.240 prevê que imóveis sob administração da SPU – terrenos, imóveis funcionais, imóveis comerciais e terrenos de marinha – podem ser utilizados para integralizar cotas de fundo de investimento imobiliário.

A notícia foi publicada no site Investidor Institucional.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Tesouro Direto chega a R$ 30,5 bi em estoque

O Tesouro Nacional divulgou os resultados de abril do Tesouro Direto. O estoque alcançou a marca de R$ 30,5 bilhões, o que representa um aumento de 4% em relação ao mês anterior, quando o valor estava em R$ 29,3 bilhões. As vendas do mês atingiram R$ 1,38 bilhão, enquanto os resgates totalizaram R$ 504,2 milhões. […]

Bolsa divulga resultados de operações de fevereiro

14/03/2016 – A BM&F Bovespa divulgou os resultados de suas operações referentes ao mês de fevereiro de 2016. Foram movimentados R$ 115,43 bilhões ante R$ 99,65 bilhões em janeiro. A média diária atingiu R$ 6,07 bilhões, ante R$ 5,24 bilhões de janeiro. Em compensação, em fevereiro, houve uma queda de operações nos mercados do segmento […]

B3 divulga balanço de operações de maio de 2017

Em maio, o segmento Bovespa movimentou R$ 210,43 bilhões, ante R$ 146,03 bilhões registrados em abril. A média diária foi de R$ 9,56 bilhões, ante R$ 8,11 bilhões. Foram realizados 26.718.739 negócios, ante 16.320.584 no mês anterior. A média diária de negócios atingiu 1.214.488, ante 906.699 em abril. No mesmo período, o balanço da negociação […]