BSM sensível à situação atende solicitação da ANCORD e adia auditorias em 2020

Em razão do cenário atual devido à Pandemia do Corona vírus (COVID-19) e a decretação de Estado de Calamidade pelo Governo Federal, o que obrigou as instituições a alterarem a forma de trabalho de seus colaboradores e priorizarem demandas emergenciais para manterem as suas atividades em funcionamento, a ANCORD em contato com a BSM – Supervisão de Mercados, ponderou sobre as dificuldades em atender as auditorias com a maioria dos colaboradores das corretoras em teletrabalho, bem como em razão do acumulo de trabalho em virtude da Pandemia.

Diante de tais circunstâncias, a BSM, sensibilizada pela situação remarcou as rodadas 3 e 4 das auditorias agendadas para 2020, conforme comunicado às corretoras via sistema MFT com as novas datas.

Vale ressaltar que a BSM também se prontificou a seguir acompanhando a quarentena e se for necessário reagendará as próximas rodadas.

Esclarecimentos adicionais: juridico@ancord.org.br

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ANCORD E CNF ELABORAM NOTA TÉCNICA SOBRE AUMENTO DA ALÍQUOTA DE CSLL

nota-tecnica-ancordA ANCORD já se posicionou, por  várias oportunidades, ser favorável à Reforma da Previdências. Para tanto, vem acompanhando todo o processo de aprovação da mesma.  Nesse sentido, tomou conhecimento do parecer que o Deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), relator da PEC 06/2019, apresentou em 13/06/19 na Comissão Especial que aprecia a matéria. Tendo em vista a proposta de […]

Banco Central divulga Carta Circular sobre Pix e SPI

O Banco Central emitiu no dia 20/02/20 a Carta Circular que estabelece a forma de cadastro dos participantes para o processo de adesão ao arranjo de pagamentos instantâneos (Pix) e ao Sistema de Pagamentos Instantâneos (SPI).   Confira a íntegra da Carta Circular 4.006, clicando aqui

PARECER JURÍDICO MOSTRA DISTORÇÃO NO AUMENTO DA ALÍQUOTA DE CSLL

A ANCORD- Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários, Câmbio e Mercadorias vem acompanhando e apoiando a Reforma Previdenciária.   Inconformada com a proposta da majoração de alíquota da CSLL de 15% para 20%, para as instituições financeiras, que inclui as Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários e as Corretoras de […]