Tesouro Direto passará a ter liquidação de resgates em D+0

Por meio do Ofício Circular 042, de 23 de abril de 2021, a B3 informa aos participantes de seus mercados que está previsto para o 2º trimestre a implantação da liquidação de resgates em D+0 para as operações do Tesouro Direto – programa de compra e venda de títulos públicos federais para as pessoas físicas, em parceria com a Secretaria do Tesouro Nacional.

A liquidação de resgates passará a ser realizada no mesmo dia da inserção do protocolo de venda para as operações realizadas até 13h, antecipando assim o repasse dos recursos financeiros aos participantes e, consequentemente, ao investidor final, que poderá ter acesso aos seus recursos financeiros com mais brevidade. Operações realizadas após 13h serão liquidadas em D+1.

Confira a íntegra do OC no link

OC-042-2021-PRE-Tesouro-Direto-Liquidacao-de-Resgate-em-D0-P.pdf

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Lançada norma que disciplina o processo administrativo sancionador da CVM:

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) edita hoje, 17/6/2019, instrução que estabelece novo marco para a atuação sancionadora da Autarquia. A Instrução CVM 607 dispõe sobre apuração de infrações administrativas, rito dos processos administrativos sancionadores (PAS), aplicação de penalidades, termo de compromisso e acordo administrativo em processo de supervisão. As alterações refletem as inovações trazidas pela Lei 13.506/17, além […]

Regulação brasileira recebe nota máxima do Comitê de Basileia para Supervisão Bancária:

O Comitê de Basileia para Supervisão Bancária divulgou em 07 de março de 2019 o resultado da avaliação do arcabouço regulatório brasileiro referente ao indicador de liquidez de longo prazo e aos limites de exposição por cliente. Os dois indicadores receberam a nota máxima – “Compliant”, que significa “totalmente em conformidade”. A avaliação desses dois requisitos faz […]