Banco Central é destaque no 6º Prêmio Ouvidorias Brasil

O trabalho desenvolvido pela Ouvidoria do Banco Central (BC) foi premiado na semana passada durante a 6a edição do Prêmio Ouvidorias Brasil. A Autarquia foi homenageada na categoria “Destaque Institucional”, que reconhece instituições que contribuíram para o avanço e o fortalecimento das ouvidorias no país.

“O Banco Central foi dos primeiros órgãos reguladores a instituir a obrigatoriedade de ouvidorias nas entidades supervisionadas, em 2007. Já a Ouvidoria do BC, criada em 2006, além da necessária integração com todas as demais áreas da instituição, se reporta periodicamente à Diretoria Colegiada para relatar os avanços no atendimento ao cidadão, de reforço à transparência e de aperfeiçoamento dos serviços oferecidos pelo BC à sociedade”, afirmou Isaac Sidney, Diretor de Relacionamento Institucional e Cidadania do BC.

Saiba Mais

>> Veja a notícia completa no site do BC

NOTÍCIAS RELACIONADAS

BC e Cade vão trabalhar juntos para fomentar concorrência no sistema financeiro

O Banco Central (BC) e o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) vão trabalhar juntos na análise de fusões e aquisições que podem comprometer a concorrência no Sistema Financeiro Nacional (SFN). No dia 28/02/2018, as autarquias assinaram memorando de entendimento, o qual estabelece diretrizes para avaliação de atos de concentração envolvendo instituições financeiras e define […]

Bolsa apresenta ao CADE requisição de análise do ato de concentração decorrente da incorporação da Cetip

A Bolsa apresentou ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) uma requisição de análise do ato de concentração decorrente da incorporação da Cetip pela BM&FBOVESPA. Segundo comunicado ao mercado divulgado no dia 29 de junho pela Bolsa, o referido requerimento será oportunamente disponibilizado pelo CADE em seu site, onde serão informados os andamentos posteriores para […]

BNDES quer dar mais garantias para investidor em debêntures para infraestrutura

O BNDES anunciou que vai reduzir a participação direta em financiamentos subsidiados de projetos, ajustando seu papel no mercado e abrindo mais espaço para o setor privado nos financiamentos. Em compensação, a instituição vai aumentar a oferta de mecanismos para reduzir os riscos dos investidores privados em debêntures, especialmente as de infraestrutura, como forma de […]