BACEN publica lista de projetos selecionados para o LIFT 2022

O Banco Central divulgou em 26/08/22 a lista com os 8 projetos selecionados para o Lift Lab 2022, todos alinhados aos temas inclusão, competitividade, transparência, educação e sustentabilidade da Agenda BC.

 Lista de propostas selecionadas para o LIFT Lab 2022: 

 Ailos Pix Crédito (Ailos): Busca criar uma nova modalidade de pagamento e parcelamento facilitado, sem intermediários, com taxas de transações e antecipação de recebíveis menores que as aplicadas pelas adquirentes.

DeFi – Liquidity Pool (Itaú)– Plataforma que por meio de blockchain e smart contracts, permite a custódia, troca de moedas e investimentos alternativos. O caso de uso consiste na criação de um pool de liquidez com tokens que simulam stablecoins que podem ter paridade com real, dólar ou alguma outra moeda fiduciária. O funcionamento é similar ao de DeFis de liquidez que atuam no mercado de ativos digitais.

Easy Hash – Microcrédito Descentralizado (Celso Jungbluth)- Solução de tokenização de ativos financeiros em blockchain para descentralização do risco do crédito entre diversos credores

G10 Bank (G10 Bank Participações AS)- Visando a inclusão financeira, promove a concessão de microcrédito para pessoas vulneráveis integrantes do G10 favelas, onde parte da comprovação para concessão do crédito é feita por “presidentes de rua”, que são pessoas que conhecem a comunidade para facilitar a operação.

Interoperabilidade entre o Real Digital e um Blockchain público (Lovecrypto LTDA)- Proposta de conversão de stablecoin no blockchain Celo em real digital, estudando a interoperabilidade entre o blockchain público que roda na EVM (Ethereum Virtual Machine) e a CBDC (moeda digital de banco central). Além da possível interoperabilidade com o Pix.

Pix com uso de NFC e QR Code Offline (Itaú)- Tem como objeto o adiantamento das discussões sobre pagamentos via Pix utilizando a tecnologia NFC, utilizando celulares com débito em conta. Além disso, pretende estudar a solução de Pix offline por QR-CODE, onde a transação será realizada com base em saldos reservados de forma offline, de forma fluida preservando a segurança.

Protocolo de crédito descentralizado (Delend Tecnologia LTDA)- Trata da ampliação do acesso ao crédito por pequenas e médias empresas. Isso seria através de uma plataforma digital, em que pagamentos a prazo aconteçam baseados em dados do open finance e com agendamento de Pix, onde os dados do cliente sejam utilizados pelo credor na avaliação do risco da operação.

Redução de custos e complexidade no uso de CCBs, através da aplicação de smart contracts e stablecoins (Nest)- Trata do desenvolvimento de smart contracts em blockchain como aplicação de regras de negócio de Cédulas de Crédito Bancário (CCBs) de acordo com as normas do BC. Mas, isso inclui uso de stablecoins ou CBDCs para liquidação da CCB, a partir de transferências Pix ou TED para conta de pagamento. Pretende também padronizar e unificar o processo de ponta a ponta em uma plataforma.

CONFIRA A NOTÍCIA COMPLETA NO LINK

 Link: https://www.bcb.gov.br/detalhenoticia/627/noticia

NOTÍCIAS RELACIONADAS

BACEN altera limites para transações no Pix

Por meio da Instrução Normativa BCB nº 115, de 21 de junho de 2021, o Banco Central altera a Instrução Normativa BCB nº 20, que dispõe sobre os limites de valor para as transações no âmbito do Pix. Confira a íntegra da IN no link: IN BCB n 115

BACEN divulga procedimentos para participação direta no SPI e para Conta PI

Por meio da Instrução Normativa BCB n° 47 de 24/11/2020, o BACEN divulga procedimentos a serem observados para participação direta no Sistema de Pagamentos Instantâneos (SPI) e para a abertura da Conta Pagamentos Instantâneos (Conta PI), de que trata o Regulamento anexo à Circular nº 4.027, de12 de junho de 2020.   Confira a íntegra da Instrução […]