Alocação em Títulos Públicos na indústria de fundos em outubro é de 42,19% do PL

No dia 14 de novembro, a Economatica divulgou um relatório retificando outro que havia sido publicado em setembro, no qual alertava que a alocação em títulos públicos (TPs) tinha caído para 32,14% do patrimônio da indústria. Segundo a instituição, naquela época, os fundos tinham registrado os TPs em Depósitos a Prazo e Outras Aplicações, o que ocasionou uma distorção no perfil de alocação da indústria.

Com a publicação das carteiras dos fundos do mês de outubro, a Economatica refez o levantamento e verificou que as carteiras que estavam ocasionando a distorção foram corrigidas pelos fundos e que o percentual de alocação em TPs em outubro de 2016 foi de 42,19 % do patrimônio (PL) da indústria.

O percentual de Renda Variável (RV) na indústria de fundos no mês de outubro foi de 5,25% do patrimônio da indústria ou R$ 168,25 bilhões. Percentualmente não se registrava esse nível de alocação desde agosto de 2015.

Já o patrimônio da indústria no mês de outubro de 2016 ultrapassou novamente a barreira de US$ 1 trilhão ou R$ 3,20 trilhões.

Saiba Mais

>> Veja a análise da Economatica sobre o tema (PDF)

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Revolução digital nos serviços financeiros norteia debates em Fórum de Cidadania Financeira

Na semana passada, aconteceu o III Fórum de Cidadania Financeira, evento que reuniu 700 pessoas para debater as oportunidades e riscos da digitalização para a cidadania financeira. Uma das constatações do encontro foi que as finanças digitais facilitam a intermediação financeira, mas é preciso que a população esteja preparada para interagir de forma segura nas […]