ANCORD E CNF ELABORAM NOTA TÉCNICA SOBRE AUMENTO DA ALÍQUOTA DE CSLL

nota-tecnica-ancordA ANCORD já se posicionou, por  várias oportunidades, ser favorável à Reforma da Previdências. Para tanto, vem acompanhando todo o processo de aprovação da mesma. 

Nesse sentido, tomou conhecimento do parecer que o Deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), relator da PEC 06/2019, apresentou em 13/06/19 na Comissão Especial que aprecia a matéria.

Tendo em vista a proposta de aumento da alíquota do CSLL de 15% para 20% para as Instituições Financeiras, a ANCORD vem tomando uma série de iniciativas no sentido de mostrar que essa majoração é extremamente nociva para o setor.

Dessa forma, em conjunto com a CNF, a Associação preparou uma Nota Técnica que, entre vários pontos, mostra a clara dissonância entre a proposta apresentada na PEC 6/2019 e a realidade das corretoras e distribuidoras de títulos e valores mobiliários, que não devem, pelo simples fato de se enquadrarem como instituições financeiras (e serem fortemente reguladas), serem presuntivamente tomadas como dotadas de maior capacidade contributiva.

 

Clique aqui e saiba mais

NOTÍCIAS RELACIONADAS

BACEN divulga atualizações para ecossistema de pagamentos brasileiro

O Banco Central aprovou, em sessão ordinária realizada em 27 de agosto de 2019, atualizações relativas aos requisitos fundamentais para o ecossistema de pagamentos instantâneos brasileiro, divulgados no Comunicado nº 32.927, de 21 de dezembro de 2018. Essas atualizações refletem definições e ajustes decorrentes do processo de implantação do ecossistema em andamento, coordenado pelo Banco Central […]

Decreto regulamenta o Imposto sobre Operações de Crédito, Câmbio e Seguro, ou relativas a Títulos ou Valores Mobiliários – IOF.

Por meio do Decreto número 10.797, de 16/09/21, publicado no Diário Oficial e 17 de setembro de 2021, o Governo Federal regulamento o Imposto sobre Operações de Crédito, Câmbio e Seguro, ou relativas a Títulos ou Valores Mobiliários – IOF. Confira a íntegra da publicação no link abaixo https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/decreto-n-10.797-de-16-de-setembro-de-2021-345435328