Destaques do Ano

O ano de 2016 foi complexo e desafiador. Se de um lado trouxe turbulências, por outro lado, as mudanças ressaltaram a importância da adaptabilidade para se evoluir em cenários adversos.

Em meio às incertezas trazidas pela situação político-econômica, muitos foram os questionamentos dos caminhos e tendências para o mercado de capitais. Nesse contexto, a ANCORD exerceu na imprensa seu papel porta-voz da indústria de intermediação, analisando temas atuais e relevantes, a exemplo da fusão BM&FBOVESPA e Cetip, análises do macrocenário político-econômico, caminhos para a retomada do mercado de capitais, balanço e tendências no setor de corretoras, análise de questões regulatórias e autorregulatórias, entre muitos outros temas.

Também foram destaque na mídia os assuntos do dia a dia da ANCORD, a exemplo da extensa programação de cursos que a Associação mensalmente realiza. Outro assunto de destaque foi o Exame de Certificação para Agentes Autônomos de Investimento que, desde o início de 2016, passou a ser aplicado pela Fundação Getulio Vargas (FGV) em todo Brasil, contribuindo para a capilaridade das provas e comodidade dos candidatos.

Em 2016, a ANCORD reformulou seu site institucional (www.ancord.org.br), modernizando o layout e a diagramação dos conteúdos, que passaram a ter editorias, facilitando o acesso às notícias do mercado, atualizadas frequentemente.

Com o objetivo de aprimorar a comunicação com os associados, será lançado neste mês o “Portal de Relacionamento”. Trata-se de uma área logada e exclusiva. Entre as ferramentas mais importantes do Portal de Relacionamento, está o Fórum Interativo de Discussão. Por meio dele, são propostos e debatidos temas relevantes para o mercado. Além disto, o Portal traz notícias de mercado, artigos exclusivos, comunicados, atas de reuniões, novidades sobre o Programa de Benefícios, cursos, entre outros.

No último ano, a ANCORD incrementou seu Programa de Benefícios oferecendo mais vantagens a seus associados. A Associação tem negociado com fornecedores para oferecer condições especiais e preços exclusivos na contratação de sistemas e soluções de negócios, como também de serviços como planos de saúde e cursos. Em 2017, teremos uma série de novidades para compartilhar com nossos associados.

Por fim, vale destacar também a atuação constante da ANCORD nas redes sociais, divulgando notícias do mercado e da Associação. Vale seguir nossas mídias sociais para acompanhar todas as novidades:

Em 2017, continuaremos trabalhando ainda mais em defesa dos nossos associados e da indústria da intermediação. Daremos ainda mais visibilidade e transparência aos nossos projetos, incrementaremos o Programa de Benefícios e investiremos na área educacional.

Temos uma agenda extensa e complexa.

Temos a certeza de que a Associação contará com a colaboração e participação de todos, porque sabemos que quanto mais unidos estivermos, mais força teremos em nossas reinvindicações e nos aprimoramentos que o mercado tanto precisa.

Caio Weil Villares
Presidente

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Caio Weil Villares é reeleito presidente da ANCORD

05/04/2016 – O atual presidente da ANCORD, Caio Weil Villares, diretor da corretora Concórdia S/A CVMCC, foi reeleito no dia 30 de março para mais um ano de mandato à frente da instituição. A eleição ocorreu durante a primeira reunião do novo Conselho Administrativo. Carlos Arnaldo Borges de Souza, da corretora Planner Trustee DTVM Ltda., […]

B3 se torna parceira do Programa Compromisso com o Clima

Com o objetivo de mobilizar o mercado de capitais em ações de sustentabilidade e responsabilidade climática, a B3 aderiu ao Programa Compromisso com o Clima, colaborando agora com Itaú Unibanco, Natura e Instituto Ekos Brasil por atuações corporativas mais responsáveis. Clique aqui, para maiores informações.

ANCORD retoma atividades relacionadas à certificação e ao credenciamento de AAIs

Comunicamos que a ANCORD obteve, em recurso dirigido ao Tribunal Regional Federal da 3ª Região, o deferimento de decisão que suspendeu, parcialmente, a liminar proferida por juiz de primeira instância da Justiça Federal, que a impedia de dar continuidade à atividade de autorregulação dos Agentes Autônomos de Investimento (AAI). A decisão proferida no recurso apresentado […]