ANCORD participa de Evento Comemorativo dos 25 anos do Real

Associação foi uma das entidades convidadas pelo Banco Central para inauguração de exposição e emissão de moeda comemorativa sobre os 25 anos do Real. 

No dia 28 de agosto de 2019, o Banco Central inaugurou a Exposição “Estabilidade Real”, que celebra o aniversário de 25 anos do Real.

Na ocasião, foi também lançada a moeda comemorativa sobre o tema.

A cerimônia foi realizada no Museu de Valores, no edifício-sede do Banco Central, em Brasília e a abertura do evento ficou a cargo do Presidente do BC, Roberto Campos Neto.

A ANCORD esteve presente e foi representada pelo seu diretor geral, José David Martins Júnior. O encontro promovido pelo BACEN reuniu convidados do Banco, autoridades do Governo Federal e entidades do Mercado Financeiro. Além da ANCORD, estiveram presentes a ABAC, ABBC, ABBI, CENTRUS, ABRACAM e FEBRABAN

A comemoração dos 25 anos do Real é a celebração da estabilidade econômica do Brasil e de um padrão monetário que se tornou símbolo de uma nova era. Com o controle da inflação, o Real se firmou como uma moeda sólida e confiável.

A exposição interativa, que acontece no Museu de Valores do Banco Central, permite aos visitantes conhecerem ou relembrarem os períodos de inflação alta, visualizando os efeitos do aumento dos preços sobre o poder de compra da moeda. Para isso, além de exemplares de cédulas e moedas, estão expostos objetos como máquina de remarcar preço e aparelhos de TV antigos, que veiculam notícias da época do lançamento dos planos econômicos.

Ainda dentro das homenagens ao Real, foi emitida uma moeda comemorativa de circulação de 1 Real. Serão cunhadas 25 milhões de moedas, que entrarão em circulação por intermédio da rede bancária.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Cadastro Positivo já pode entrar em plena operação

O BACEN e o Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovaram as normas que regulamentam os procedimentos do Cadastro Positivo. A Resolução nº 4.737 e a Circular nº 3.955 detalham o funcionamento do sistema e quais são as regras que devem ser seguidas, para registro junto ao BC, pelos gestores de bancos de dados que queiram receber informações de instituições financeiras com vistas à formação […]

PARECER JURÍDICO MOSTRA DISTORÇÃO NO AUMENTO DA ALÍQUOTA DE CSLL

A ANCORD- Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários, Câmbio e Mercadorias vem acompanhando e apoiando a Reforma Previdenciária.   Inconformada com a proposta da majoração de alíquota da CSLL de 15% para 20%, para as instituições financeiras, que inclui as Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários e as Corretoras de […]